Lisboa é a melhor cidade do ano

Os Wallpaper Design Awards elegem todos os anos as pessoas, locais e produtos que consideram ter sido melhores e ambicionado mais do que os restantes. Na categoria de “Melhor Cidade”, Lisboa saiu vencedora.

Segundo a revista Wallpaper, que promove a competição, a capital portuguesa está a ser alvo de uma onda de cultura e arquitectura. O destaque vai para o MAAT, ARCOLisboa e Trienal de Arquitectura, mas também para o hotel Memmo Príncipe Real e para o novo terminal de cruzeiros, assinado por João Luís Carrilho da Graça.

Na sua página de Facebook, Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, afirma que a distinção alcançada já não é um caso isolado e garante que o importante é sabermos que «a visibilidade gera mais investimento, mais oportunidades e mais emprego».

Quanto aos restantes prémios, o secador Supersonic da Dyson venceu na categoria referente a melhor novo produto de cuidado com o cabelo e pele e o PF1000U ultra short-throw projector da LG ficou em primeiro na categoria que elege os produtos que de alguma forma melhoram a vida dos seus proprietários. O projecto polaco Konieczny’s Ark da KWK Promes foi considerado a melhor nova casa privada.

Jasper Morrison foi eleito o “Designer do Ano” e o leitor de música AK70 da Astell & Kern o “Melhor Design Doméstico”. Raf Simons é o responsável pela melhor colecção de moda masculina para a estação Outono/Inverno 2016 e Céline a marca por detrás da melhor colecção para mulher.

O restaurante Odette, em Singapura, é o “Melhor Novo Restaurante” e o Amanera, em Cabrera, o “Melhor Novo Hotel”. Por fim, os Wallpaper Design Awards 2017 entregaram o título de “Melhor Novo Edifício Público” ao Naoshima Hall, no Japão.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...