Heineken preparou concerto privado pré-Nos Alive

Um concerto exclusivo no último piso do Dom Pedro Palace, em Lisboa, com direito a vista sobre a cidade. Foi assim a Heineken World Class Experience Nos Alive deste ano, que teve como destino final o festival, no Passeio Marítimo de Algés. Depois de no ano passado um grupo de fãs ter voado de helicóptero até ao Nos Alive, este ano a experiência da Heineken assentou no conceito de comunicação que tem vindo a divulgar a nível mundial: “Live Your Music”.

Depois de vencerem o passatempo Rock the Door, os fãs da marca receberam apenas um convite com coordenadas. Mal sabiam que chegados ao hotel lisboeta seriam conduzidos a um concerto privado de Sean Riley and the Slowriders, uma das bandas que actuaria, mais tarde, no Palco Heineken do Nos Alive.

heineken nos alive

Luísa Motta, Premium Brands Marketing manager na Sociedade Central de Cervejas e Bebidas, conta à Marketeer que a ideia era, precisamente, convidar uma das bandas que fizessem parte do cartaz do palco a que a Heineken dá nome. A ascensão da banda de Coimbra no panorama musical português facilitou a escolha.

Quanto à presença da marca no Nos Alive, Luísa Motta revela que a grande novidade para a 10ª edição do festival é a decoração do Palco Heineken: «Sempre foi conhecido por ter uma programação fantástica mas o espaço não era o melhor. Achámos que podíamos elevar essa experiência.» Foi criado um espectáculo de luzes que transporta os festivaleiros para um ambiente mais imersivo, garante a responsável.

Texto de Filipa Almeida

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...