Governo recomenda adiamento de eventos com mais de 5 mil pessoas

Concertos, festivais ou jogos de futebol serão alguns dos eventos afectados pelas novas recomendações do Governo português: devem ser adiadas ou canceladas iniciativas que juntem mais de cinco mil pessoas em espaço aberto. Relativamente a eventos à porta fechada, a fasquia baixa para os mil participantes.

As recomendações foram divulgadas esta noite após uma reunião da Comissão Nacional de Protecção Civil, segundo adianta a Lusa. Durante o anúncio, o executivo português revelou também que estão suspensos todos os voos com destino ou origem nas zonas mais afectadas pelo Covid-19 em Itália. Estão abrangidos os aeroportos de Milão-Malpensa, Internacional II Caravaggio (Bérgamo) e Internacional Marco Polo. Por cá, as restrições aplicam-se aos aeroportos de Porto, Lisboa e Faro.

Também é recomendada a suspensão de eventos como casamentos ou missas, com mais de 150 pessoas, em Felgueiras e Lousada, já que estas são as zonas do País mais afectadas pelo novo coronovírus.

O que acontece, então, a concertos como o que Tony Carreira tem marcado para o próximo sábado, dia 14, na Altice Arena? Antes das recomendações serem divulgadas, não estavam previstos adiamento de eventos neste espaço lisboeta. Daniel Vaz, responsável pela comunicação da Altice Arena, confirmou à Blitz que os concertos agendados para as próximas semanas continuavam agendados.

Além de Tony Carreira, também está previsto que Diogo Piçarra suba a palco no dia 28 deste mês. Recorde-se que esta é a maior sala de espectáculos do País, capaz de reunir 20 mil pessoas.

«Não houve cancelamento de qualquer concerto até ao momento na Altice Arena. Além disso, a Altice Arena tem conhecimento das recomendações da Direcção-Geral de Saúde, que estão incorporadas no nosso plano de contingência. Não está recomendada, e consequentemente prevista, qualquer limitação à Altice Arena. Qualquer situação referente a eventos será avaliada conjuntamente com o promotor do evento e autoridades competentes», esclareceu ainda Daniel Vaz. Porém, a posição da sala de espectáculos e dos artistas poderá mudar após as novas recomendações do Governo.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...