Gerador quer tornar a cultura sexy para as marcas

É uma plataforma de acção e comunicação da cultura portuguesa. Mas é também um hub criativo com trabalhos feitos para marcas como Nos Alive, Peugeot, LG ou Licor Beirão. E quer ser Entidade de Utilidade Pública daqui a dois anos. Confuso? Conheça o Gerador

Texto de Daniel Almeida

Uma ópera no Reservatório da Patriarcal, um concerto no interior de um automóvel, um ciclo de cinema árabe numa embaixada ou uma leitura encenada numa loja de roupa são apenas algumas das iniciativas culturais que tiveram lugar nas três edições já realizadas do Trampolim Gerador – a última das quais realizada no passado dia 10 de Outubro no Jardim do Príncipe Real, em Lisboa. O evento, de entrada gratuita, tem como objectivo apresentar a cultura portuguesa e os seus autores da forma menos óbvia possível, nos locais mais inusitados. E ajudar as marcas a dar o “salto” com a cultura.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Outubro de 2015 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...