GBSO: O parceiro dos negócios

MARKETEER CONTENTS

A GBSO foi fundada em 2014, fruto de uma vontade mútua de dois sócios que tinham profunda experiência no sector, contactos internacionais e capacidade de fazer chegar ao mercado a inovação.

A força das circunstâncias acabou por acelerar o processo. Rita Palma, CEO da GBSO, explica que a empresa distingue-se pela postura, frontalidade e transparência. «Se for bom é para todos, senão não é mesmo para ninguém. Quando assumimos um projecto fazemos tudo para que dê certo. Achamos que a grande vantagem é a boa capacidade de leitura que temos da viabilidade ou não de um projecto e a entrega total no sentido de atingir os objectivos propostos. Esse espírito é espalhado a toda a equipa. Quando apostamos, é uma aposta de todos», refere.

A GBSO opera na área da higiene pessoal e cosmética e, dentro dessa área, abrange uma panóplia de segmentos. «A verdade é que, para podermos prestar um bom serviço, é fundamental massa crítica, sem a qual o serviço em termos logísticos, apoio de marketing e vendas não é possível. Para tal fomos acrescentando ao portefólio marcas e gama que muitas vezes se complementam.

Na mesma marca podemos encontrar depilatórios, produtos de higiene íntima ou tratamento e cuidado dos pés, como é o caso da marca Body Natur. Na nossa marca Soft&Co, temos como produto-estrela o creme hidratante hipoalergénico, mas também oferecemos outras opções, como o gel Aloe Vera, o óleo hidratante de Coco ou o sabonete de glicerina líquida», explica Rita Palma. A GBSO posiciona-se como o distribuidor/ fornecedor mais inovador no mercado na área da beleza e higiene pessoal. Nos últimos cinco anos, revela ter estado sempre na linha da frente com a chegada de novas opções de consumo no mercado da beleza. «Fomos os primeiros a oferecer uma gama de máscaras de tecido, a lançar uma gama completa de produtos orgânicos em cosmética, a primeira linha completa para tratamento da barba no mass market e comercializamos a primeira gama de higiene oral “green” [Green Clean], na marca Jordan», recorda Rita Palma.

A gama Green Clean é composta por escovas de dentes e acessórios produzidos com plástico 100% reciclado e com cerdas e fios de origem vegetal. No âmbito desta iniciativa, foi lançada uma gama de pastas de dentes sem caixa de cartão, que reforça o statement de combate ao desperdício da marca. Ao nível de parcerias, há a mencionar nomes como a Jordan, a Body Natur, Perfumes Ulric de Varens, Mercurochrome ou os acessórios de beleza da Elite Models. «Temos orgulho em dizer que até hoje todas as parcerias contratualizadas se mantiveram.

Podemos destacar alguns exemplos de sucesso, não pelo resultado em si, mas porque foi a nossa entrada em segmentos muito concorrenciais, com players gigantes e que, por si só, já era desafiante: a marca Jordan, na categoria de higiene oral, ou a Body Natur e a sua entrada em depilatórios. Podemos ainda mencionar a entrada na Soft&Co para competir com grandes multinacionais e marcas globalmente poderosas », afirma a CEO. A GBSO presta ainda apoio ao nível de folhetos de clientes, promoções, passatempos, activação das redes sociais das marcas, patrocínios e eventos, media tradicional, aconselhamento em loja e activação promocional na prateleira. Cinco anos de crescimento

No último ano, a GBSO cresceu 28%, tendo atingido um período de cinco anos sempre a crescer mais de 25%. «Não pautamos a nossa actividade por atingimento de quotas de mercado, mas sim volume de vendas e rentabilidade para todos os intervenientes: nós, os nossos clientes e os nossos parceiros/fornecedores. Muitas vezes a “sede” de quotas de mercado desvia-nos do que é realmente importante: quem consome os nossos produtos.

Quem compra um produto vendido por nós tem que o escoar rapidamente da prateleira e tem de obter uma margem de comercialização satisfatória. E quem o consome tem que ficar satisfeito com a compra e repeti-la. O resto surge naturalmente», explica Rita Palma. No último ano, e pela primeira vez, a GBSO ultrapassou os quatro milhões de euros em vendas. A meta está nos 4,5 milhões de euros em 2020, número que Rita Palma pretende ver crescer para os seis milhões, até 2022. «Como lá vamos chegar tem muito a ver com a forma como trabalharmos amanhã, no dia seguinte e, no fundo, no nosso dia-a-dia e com a paixão que colocamos em tudo o que fazemos e que partilhamos com todos», dita.

Para este ano, os objectivos da GBSO passam por incrementar a distribuição capilar com subdistribuidores, a fim de alcançar as lojas de comércio local. Outra das metas consiste no investimento em vendas online. As maiores expectativas de crescimento residem nas marcas Jordan e Soft&Co. «A Jordan aposta muito na sustentabilidade e protecção do ambiente, o caminho vai ser por aí. É uma área onde os consumidores estão muito focados e atentos.

A Soft&Co vai alargar o seu portefólio para áreas onde os consumidores nos estão a pedir para entrar. Temos uma relação muito estreita com os consumidores da marca e conseguimos extrair com clareza o que mais procuram na marca», finaliza a responsável da GBSO.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...