Fundo da Google para jornalismo local abrange 5.300 meios (incluindo o Postal do Algarve)

Mais de 5.300 organizações de jornalismo de âmbito local serão abrangidas pelas novo fundo de emergência disponibilizado pela Google, através da Google News Initiative. Lançado no passado mês de Abril, o fundo tinha como objectivo compensar o golpe sofrido pelo sector na sequência do COVID-19. Hoje, a tecnológica desvenda quantas pequenas e médias redacções serão impactadas.

As organizações seleccionadas irão receber fundos que variam entre 5 mil e 30 mil dólares. Em casos de candidaturas que abrangem várias publicações numa mesma organizações, o montante máximo não vai além dos 85 mil euros, esclarece ainda a Google.

«Enquanto aguardamos a contagem final do financiamento, esperamos destinar dezenas de milhões de dólares através do Fundo de Emergência para Jornalismo». sublinha Ludovic Blecher, head of Google News Initiative Innovation.

O mesmo responsável adianta que, em apenas duas semanas, foram submetidas mais de 12 mil candidaturas de 140 países. Deste total, 90% diz respeito a redacções com menos de 26 jornalistas. Quanto aos critérios avaliados, Ludovic Blecher esclarece que foram privilegiados meios que servem uma comunidade geográfica específica e que tencionem utilizar o dinheiro para continuar a fazer o seu trabalho.

«Cerca de 50% das candidaturas não corresponderam aos critérios estabelecidos publicamente», adianta Ludovic Blecher.

Relativamente à região EMEA, a Google revela que foram submetidas candidaturas de 88 países e que, até agora, foi oferecido financiamento a mais de 1.550 publishers. Entre os meios escolhidos, surge um português em destaque: o Postal do Algarve receberá fundos da Google para investir em emprego e nas horas extras necessárias para manter uma produção de elevada qualidade.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...