Fisher-Price inaugura museu virtual com 90 anos de brinquedos

Pop Art e nostalgia são palavras-chave no mais recente projecto da Fisher-Price, mas também virtual. A marca de brinquedos está a lançar um museu que pode ser visitado remotamente e onde não faltam memórias dos seus 90 anos de história, que chegam pela mão da designer norte-americana Leila Fakouri.

“Fisher-Price Toy Museum” é inaugurado sob a forma de exposição colorida e interactiva, que pode ser visitada através do Instagram. É nesta rede social que moram as imagens e os vídeos que compõem esta experiência inédita dirigida a adultos e crianças e em que cada conteúdo remete para um clássico da Fisher-Price.

«O Fisher-Price Toy Museum foi inspirado pela ideia de que, independentemente de termos nascido nos anos 1950, 1980 ou 2000, todos temos uma memória do brinquedo favorito de infância, e muitos deles são da Fisher-Price», explica Chuck Scothon, vice-presidente da marca e responsável global da categoria Infantil e Pré-Escolar da Mattel.

Segundo o responsável, a intenção do projecto é «levar os visitantes às suas experiências únicas de infância e dar-lhes a oportunidade de reviver a juventude, mesmo que só por alguns momentos». Ao todo, são 90 as peças que compõem este museu virtual, organizadas por décadas: Chatter Telephone, Granny Doodle, Barky Puppy, Rock A Stack e Play n ‘Go Activity Walker são alguns dos brinquedos incluídos.

«Estes brinquedos foram projectados e criados em diversos períodos ao longo de quase um século. Cada década tem seu próprio estilo, cores, vibe e memórias nostálgicas. Eu concentrei-me em dar-lhes vida através da curadoria de uma bonita e complexa variedade de instalações que reflectem a linguagem visual de cada época», conta a artista Leila Fakouri.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...