Fidelidade: Um futuro sustentável e humano

MARKETEER CONTENTS

As citações são de um sobrevivente do incêndio de Pedrógão Grande. Aos 38 anos, foi apanhado de rompante pelas chamas, enquanto trabalhava.

Ficou com queimaduras muito severas em todo o corpo e esteve internado durante meses. Foi submetido a inúmeras cirurgias, mas conseguiu sobreviver. Diz que foi graças à força da sua família, da mulher e da filha sobretudo, que encontrou coragem para suportar os momentos mais difíceis e seguir em frente.

Conheci a sua história em 2018. Estávamos a preparar o lançamento do último ciclo comercial do ano e a ultimar suportes. Um dos temas era exactamente o seguro de acidentes de trabalho e tínhamos produzido um vídeo com testemunhos de pensionistas que se dispuseram a contar a sua história. De vida, de superação, mas também de reconhecimento pelo acompanhamento que têm recebido através do programa Wecare da Fidelidade, cujo objectivo é apoiar a reabilitação física e a reintegração social, profissional e familiar de quem sofre um acidente com consequências físicas graves.

No meio da azáfama daquele dia, as palavras deste homem (com H maiúsculo) e a sua história fizeram-me parar. Esquecer o tempo e ouvir. A sua voz continha ainda a dor sentida durante todos os momentos pelos quais passou, mas havia nela esperança e coragem. Muita gratidão, também. Assim como esta história, há outras na Fidelidade. Várias, aliás.

São histórias de vida que nos inspiram, que nos cortam a respiração, que nos fazem pensar no que realmente é verdadeiro, em valores ou propósitos, se assim o preferirem. Há muito que a Fidelidade percebeu que a sua actuação, até pelo papel de líder e driver de mercado, não pode cingir-se ao simples pagamento de uma indemnização que é devida quando há um acidente com consequências graves, seja este de automóvel, de carácter pessoal ou resultante de um acidente de trabalho.

E por isso mesmo a nossa postura tem sido a de acompanhar de perto e apoiar as pessoas quando estas mais precisam de nós. Seja esse apoio ao nível da sua reabilitação física e psicológica ou da reintegração profissional e social. Pagar apenas o que é devido não chega, por vezes. São vidas que ficam suspensas, que mudam radicalmente de um dia para o outro e que precisam de orientação a todos os níveis, apoio especializado, acompanhamento por vezes diário. Desta forma, o que começou com uma atitude diferenciadora e humana das pessoas que acompanhavam mais de perto estes casos tornou- se, ao longo do tempo, um dos leit motiv da companhia.

Mais recentemente foi criado o programa Wecare e, aos poucos, os seus princípios orientadores tornaram-se parte integrante da cultura da Fidelidade, estão espelhados nos nossos valores e são alimentados diariamente por todos nós. Mas pode ser de outra forma? Creio que não.

Conscious Business

A forma de ser e estar da Fidelidade, traduzida nos seus valores e no espírito Wecare, o qual, como já referi, ultrapassa o âmbito de actuação deste programa, não é apenas reflexo de uma actuação socialmente responsável.

Prende-se antes com o princípio humanista de intervenção da companhia e com o dever máximo da actividade seguradora de ser capaz de providenciar a sustentabilidade do negócio, reduzindo o risco, criando soluções inovadoras e melhorando o desempenho nos negócios. Desta forma, é possível garantir o bem-estar e a protecção das pessoas, bem como do seu património.

Na verdade, a actividade seguradora está até excepcionalmente bem posicionada para ocupar progressivamente o espaço da protecção individual que eventualmente o Estado não possa assegurar, contribuindo para a sustentabilidade do modelo de protecção no seu todo. Neste sentido, a estratégia da Fidelidade incide essencialmente no desenvolvimento de soluções que, além de serem relevantes para o negócio, permitem dar respostas a questões de interesse económico e social.

Como exemplos, posso referir:
◆ O desenvolvimento de produtos e soluções inovadoras para facilitar o acesso à poupança e despertar novamente a consciência da população, sobretudo a dos mais novos, para esta temática, como o MySavings lançado recentemente;

◆ A disponibilização de uma oferta integrada ao nível da saúde e promoção da prevenção. A Multicare, seguradora de saúde do Grupo Fidelidade, está focada na criação de soluções para promoção de hábitos de vida saudáveis, através da cobertura Medicina Online nomeadamente, bem como na disponibilização da cobertura de medicina preventiva em todos os seus planos, para que os clientes tenham acesso a check-ups de saúde periódicos, sem custos adicionais;

◆ A criação de coberturas e soluções inovadoras capazes de proporcionar maior protecção aos condutores, como a Proteção Vital do Condutor, e diminuir o risco nas estradas, como a app Mydrive que, aliando a telemática ao seguro automóvel, nos permite conhecer o padrão de comportamento de um condutor e dar-lhe dicas úteis para melhorar a sua condução.
Num futuro próximo, a nova versão da MyDrive, bem como a App Smart Drive, desenvolvida em parceria com a Brisa e distinguida na categoria de Best Digital Product & CX, nos Portugal Digital Awards 2019, irão recomendar as melhores opções de deslocação no âmbito de uma mobilidade sustentável;

◆ A construção de um ecossistema de soluções globais para empresas, que alia prevenção e segurança, medicina no trabalho e seguro de acidentes de trabalho, para que as condições de trabalho nas empresas melhorem efectivamente a todos os níveis e os acidentes diminuam. O desenvolvimento sustentável da nossa actividade é incontornável e, qualquer que seja o âmbito da nossa actuação específica no dia-a-dia, não podemos perder o foco no nosso propósito maior.

Aliás, o mote da Fidelidade “Para que a vida não pare” tem este desígnio bem explícito. Felizmente, a nossa posição no mercado, aliada à actual estrutura do grupo internacional, do qual fazemos parte e à nossa experiência, tem-nos permitido canalizar da melhor forma os nossos diferentes recursos, potenciando sinergias e parcerias para tornar a nossa missão mais abrangente e sermos capazes de proporcionar serviços de maior valor aos nossos clientes, como no caso das pessoas que, por circunstâncias adversas na vida, necessitam de maior acompanhamento.

O programa Wecare, além de um motivo de orgulho enorme para todos, espelha assim a essência da nossa actividade e da nossa actuação. É por isso que o seu âmbito transcende em muito o programa e o seu espírito não está só presente quando há acidentes graves e as pessoas precisam de apoio e cuidados especiais.

Este espírito está presente em todos os momentos da vida da companhia, desde a ideação de um produto ao serviço, ao seu desenvolvimento, comunicação e lançamento, comercialização e prestação de todo e qualquer serviço associado. Conhecer e ouvir histórias como as do José Santos, de quem falei no início, ou de José Caldeira, Filomena Franco ou Diogo Oliveira é importante.

Porque nos reposicionam, e sobretudo nos relembram dos valores que realmente importam. Mas o Wecare não está só presente na vida destas pessoas incríveis que se superam e nos inspiram. Ele está presente na nossa actuação diária, na forma como no Contact Center um telefone é atendido, no modo como as Agências de Cliente acolhem um novo cliente, nas portas das lojas ou dos escritórios dos nossos agentes que se abrem para ouvir e aconselhar uma ou outra pessoa.

O Wecare está presente em cada local onde há um colaborador Fidelidade, seja em Portugal ou nos países nos quais estamos presentes. É assim que nos posicionamos. É assim que a Fidelidade pretende continuar a actuar no mercado.

É desta forma humanista, com a missão de proteger a vida das pessoas, que vamos continuar a agir, atentos à evolução da sociedade, a inovar para antecipar soluções e proporcionar a melhor experiência a cada cliente e estando presentes sempre. Para que a vida não pare.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...