Facebook fecha 2012 com lucros a cair 79%

A rede social Facebook obteve um resultado líquido de 64 milhões de dólares (cerca de 47,2 milhões de euros) no último trimestre do ano passado, o que representa uma quebra de 79% em relação aos 302 milhões de dólares (222,8 milhões de euros) arreacados em igual período do ano anterior.

Ainda assim, entre Outubro e Dezembro, as receitas da empresa liderada por Mark Zuckerberg cresceram 40% para 1,59 mil milhões de dólares (1,17 mil milhões de euros). Só as receitas publicitárias aumentaram 41%, para 1,33 mil milhões de dólares (981 milhões de euros), com os anúncios na plataforma móvel a contribuirem para 23% do total, o que demonstra que as novas ferramentas para anunciantes lançadas pela rede social começam a dar frutos.

Recorde-se que, no ano passado, o Facebook lançou o sistema Facebook Exchange, que disponibiliza às marcas informações em tempo real sobre o histórico de navegação – as cookies – dos utilizadores na internet, e não apenas sobre a sua actividade na rede social. Mais recentemente, o Facebook anunciou que está a formar uma equipa de designers no seu escritório de Nova Iorque e a trabalhar com marcas e agências para criar melhores anúncios.

A penalizar os lucros da empresa estiveram os gastos operacionais, sobretudo relacionados com investigação e desenvolvimento, que aumentaram 82% face ao mesmo período de 2011. A margem operacional da empresa recuou de 48 para 33%, o que preocupou os investidores, levando as acções da empresa a cair após o anúncio dos resultados.

«Em 2012 ligámos entre si mais de mil milhões de pessoas e tornámo-nos uma companhia da era mobile», afirmou Mark Zuckerberg, citado pelo site da BBC. «Entrámos em 2013 com uma boa dinâmica e vamos continuar a investir para alcançar a nossa missão e tornarmo-nos uma empresa mais forte e valiosa», acrescentou.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...