Facebook acusado de roubar visualizações em vídeo viral

O Facebook anunciou recentemente ter atingido o marco de oito mil milhões de visualizações de vídeo diárias mas houve alguém que não gostou do número. O design studio alemão Kurzgesagt lançou um vídeo em que acusa a rede social de roubar visualizações aos criadores de conteúdo. Segundo o vídeo, que já conta com mais de 1,4 milhões de visualizações em apenas três dias, foram carregados vídeos do YouTube no Facebook, roubando cerca de 17 mil milhões de visualizações só no primeiro trimestre de 2015.

Outras acusações incluem a alteração do algoritmo do Facebook para que os utilizadores encontrem mais facilmente vídeos carregados directamente na rede social do que conteúdos partilhados a partir do YouTube. O Kurzgesagt acrescenta ainda que o Facebook faz batota já que basta um utilizador estar três segundos num vídeo para que a acção conte como visualização, mesmo que o vídeo esteja sem som.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...