Eventos digitais são a nova forma de comunicar

As restrições impostas na sequência da pandemia de Covid-19 levaram os negócios a saltar para o digital, mas também os eventos. Segundo Pedro Rodrigues, CEO da Desafio Global, esta foi uma das áreas mais afectadas uma vez que vive da possibilidade de reunir pessoas. No entanto, esta reunião não tem de acontecer obrigatoriamente de forma presencial.

Protagonista da mais recente Marketeer Talks, Pedro Rodrigues conta que, rapidamente, todo o sector percebeu as potencialidades do mundo virtual e tanto empresas de eventos como operadores audiovisuais e hotéis começaram a apresentar propostas neste sentido. O problema estava na falta de conhecimento e experiência sobre o tema, que poderia assustar eventuais clientes.

No caso da Desafio Global, a solução passou, numa fase inicial, pelo próprio CEO seguir para estúdio para mostrar como é possível organizar eventos virtuais. Importava apresentar as várias formas de transmissão, os infográficos e a cenografia disponível para que as empresas pudessem ter uma ideia do que é possível fazer.

«É possível sonhar», resume Pedro Rodrigues. Se o cliente quiser fazer o evento numa ilha deserta ou num palco muito complexo para o qual não haveria orçamento numa versão física, o modelo virtual (ou híbrido) permite isso mesmo.

Acompanhe a conversa na íntegra no vídeo em baixo e descubra qual é a perspectiva do CEO da Desafio Global sobre o futuro do sector em Portugal:

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...