Este escape room é virtual: consegue fugir da prisão em 20 minutos?

Na impossibilidade de visitar uma das salas da Misson To Escape em Lisboa e no Porto, a marca de jogos de fuga criou uma experiência digital para todos os que querem juntar um pouco de aventura ao período de quarentena.

A novidade chama-se INscape e pode ser encontrada no site da Misson To Escape. Não se trata de apenas um jogo, mas de um conjunto de escapes rooms que serão disponibilizados ao longo dos dias. O primeiro chega já na próxima quinta-feira, dia 2 de Abril, e é inspirado na série de televisão “Priso Break”.

O objectivo dos jogadores é guiar o protagonista na fuga da Penitenciária Estadual mais rígida dos EUA. Cada um dos jogos tem a duração de aproximadamente 20 minutos.

Segundo a Mission To Escape, criar missões digitais era um sonho antigo que ganhou nova força com a situação de isolamento social. A ideia é oferecer às famílias mistérios, desafios de lógica e momentos de diversão sem que precisem de sair de casa.

“Fugir sem sair do sofá e, pelo caminho, ajudar os nossos hospitais”, explica a empresa, desvendando o outro lado do projecto. Para já, quem embarcar nas aventuras propostas pelo INscape poderá ter acesso a uma versão gratuita mas, em breve, será lançada também uma versão mais longa e paga. O montante angariado será entregue a hospitais portugueses para apoio ao combate ao novo coronavírus.

Diogo Carvalho, co-fundador da Mission To Escape, sublinha que este é um momento de incerteza e ansiedade, especialmente para um negócio que vive do contacto social. A opção foi, por isso, investir na reinvenção e criar uma solução que pudesse levar ao público também alguma leveza e diversão, sem esquecer o lado solidário.

«Acreditamos piamente que esta quarentena pode ser mais agradável e instigante com os jogos digitais que vamos lançar. Estamos focados em ajudar os portugueses, mas já a preparar a expansão para outras geografias, de forma a conseguir chegar a mais famílias, nas suas línguas nativas. No que depender de nós, entretenimento e entreajuda não irão faltar durante este período», adianta ainda o responsável.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...