Esqueça os unicórnios

M.ª João Vieira Pinto
Directora de Redacção Marketeer

Esqueça o arco-íris e os unicórnios. Não, não vai ficar tudo bem. E, desculpe ser a voz do contra, mas não vamos ficar melhor. Nem vamos ser melhores.

Pois, muito se falou e defendeu que, depois desta Covid, que começou a 19 e abanou o 20, nunca mais seríamos iguais. Que humanismo, partilha, consumo responsável ou sustentabilidade seriam pilares de vida, das nossas vidas. Confesso que durante uns dias, vá, umas semanas, acreditei. Já agora, que aprenderíamos alguma coisa. Mas não!

Somos, aliás, sempre fomos, de memória curta. Há dias em que nem nos lembramos do que jantámos na noite anterior, quanto mais de reflexões sobre a vida e a sociedade. E, desculpem ser voz do contra, mas não acho que vamos mudar.

Então acompanhe lá:

Humanismo: é verdade que a comida não acabou nos lineares dos supermercados, mas, se fosse por aquele senhor, que entrou umas horas antes de si na insígnia onde ia abastecer a despensa lá de casa, lhe garanto que corria o risco de não ter nada para levar. “Na guerra mata-se ou morre-se”, certo? Pois… Pelos vistos, na mais recente guerra racial – que já quase acreditávamos enterrada – mata-se e morre-se. Dá um misto de repugnância e vergonha perceber que ainda é possível condenar por razão alguma. E não pense que George Floyd é só caso dos EUA! Humanismo?

Partilha: é verdade, já há várias organizações, associações e grupos de amigos a cozinhar e oferecer refeições a quem agora delas precisa. Mas a oferta é tão aquém da procura que partilha é palavra que só se pode dizer bem baixinho!

Consumo responsável: sim, talvez enquanto estivemos todos literalmente confinados. Bastou abrir os centros comerciais de todo o País para se confirmar o que já se previa, o revenge shopping. É isso, compra-se porque sim, apenas porque se esteve sem comprar algum tempo!

Sustentabilidade: as máscaras auto-reciclam-se no piso da estrada, certo? É só uma dúvida, tendo em conta o número delas em que já tropecei. Sim, e as luvas também devem ser do mesmo material. Porque só assim se percebe que o lixo tenha voltado ao chão e que a reciclagem tenha sido entretanto esquecida numa gaveta!

Nesta edição da Marketeer partilhamos algumas tendências da TrendWatching para o pós-Covid. Em comum, todas elas têm o ambiente virtual e a digitalização. Aí, sim, estamos de acordo. Queiram as empresas de todos os sectores investir em produtos e serviços em ambiente digital e os consumidores vão responder como nunca.

Quanto ao resto – e repito, desculpem ser voz do contra -, tenho sérias dúvidas de que a pandemia venha a fomentar uma era de consumo mais sustentável e saudável nos próximos 10 anos, fazendo de todos nós consumidores mais conscientes.

Mas que gostava de ver alguns unicórnios, lá isso gostava!

Editorial publicado na revista Marketeer n.º 287 de Junho de 2020

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...