Efeito Greta: jovens dispostos a pagar mais por produtos sustentáveis

A iniciativa Fridays for Future de Greta Thunberg, através da qual os jovens são incentivados a dedicar as sexta-feiras a manifestações contra as alterações climáticas, tem tido consequências sociais e políticas, mas também ao nível de consumo. O chamado Efeito Greta chegou aos carrinhos de compras e está a alterar a forma como os Millennials olham para os seus gastos: seis em cada 10 Millennials (22 aos 35 anos) estão dispostos a pagar mais por produtos sustentáveis.

O dado é apontado pelo estudo “GlobalWebindex”, segundo o qual 58% da Geração Z (16 aos 21 anos) e 55% da Geração X (36 aos 54 anos) também se mostram disponíveis para um comportamento semelhante. Além deles, quase metade dos Baby Boomers (55 aos 64 anos) daria mais dinheiro por artigos amigos do ambiente.

Perante números como estes, o jornal El Economista sublinha que a mudança dos hábitos e a aposta na economia circular estão a redesenhar as regras do jogo. As gerações mais jovens revelam estar mais comprometidas e preocupadas com a natureza do que as restantes. Têm um sentido cívico mais apurado, pensamento crítico e noção de comunidade.

«O novo consumidor compra aquilo de que precisa, olha para os rótulos dos produtos, informa-se sobre a origem e a composição, reutiliza sempre que pode e tem especial sensibilidade para o comércio de proximidade», indica Magaly Pérez, senior account manager da Webloyalty. Em declarações reportadas pela mesma publicação, explica que o novo paradigma vai além da reciclagem. Há uma mudança na forma de produzir e consumir, estendendo o ciclo de vida de cada artigo.

A mesma especialista sublinha ainda que a economia circular é mais necessária do que nunca, tendo em conta o contexto de crise sem precedentes. É preciso abrandar (ou parar por completo) o consumo massivo de recursos.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...