easyJet deixa Madrid

A easyJet vai reduzir 7% os voos para o território espanhol a partir do Inverno 2012/2013 e deixar de utilizar o aeroporto de Madrid-Barajas como base para os seus aviões e tripulações, declarou, segundo o OJE, a low cost britânica, adiantando que mantém a intenção de voar para Espanha.

A decisão foi tomada, segundo a transportadora aérea, após uma revisão exaustiva da estratégia operacional. O diário português refere que a rentabilidade da base em Madrid da easyJet é a mais baixa na Europa. A transportadora justifica esse desempenho com o excesso de capacidade existente no mercado aéreo espanhol, que se traduz num baixo retorno por passageiro, a que se juntam as “altas taxas portuárias”, que mais que duplicaram nos últimos dois anos.

No entanto, apesar do abandono da base em Madrid, a easyJet prevê transportar mais de 12 milhões de passageiros de e para a Espanha em 2013. Quanto aos trabalhadores, a transportadora diz que oferecerá aos 310 tripulantes sediados em Barajas emprego noutras bases.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...