E se pagasse pelos eventos que acompanha no Facebook?

“Para apoiar os criadores e os pequenos negócios, planeamos adicionar a possibilidade de as Páginas cobrarem pelo acesso a eventos com vídeos em directo no Facebook.” O anúncio foi feito pelo próprio Facebook, adiantando que qualquer tipo de evento poderá passar a ter acesso pago, desde actuações online de artistas a aulas ou conferências.

Embora seja ainda somente um plano, poderá representar uma mudança significativa na forma como os conteúdos são consumidos nesta plataforma. Com a quarentena e o isolamento social, todo o tipo de actividades culturais ou educativas deram o salto para o mundo digital e o Facebook foi uma das plataformas escolhidas para esta migração forçada.

O Facebook revela ainda que passará a ser possível classificar um evento como sendo apenas online e que, ao longo das próximas semanas, chegará também a opção de integrar directos nos eventos. A ideia é que quem confirme a participação possa acompanhar o evento sem ter se dirigir à página dos seus criadores.

Para já, estas são as únicas informações disponibilizadas pelo Facebook no que a eventos diz respeito. Esta semana, a empresa liderada por Mark Zuckerberg desvendou também uma nova plataforma dedicada a videochamadas e que poderá rivalizar com o Zoom: Messenger Rooms.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...