“Deixa de Fumar. O céu pode esperar”

PulmonaleSensibilizar os jovens a deixar de fumar. É este o objectivo da campanha da Pulmonale (Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro do Pulmão) cujo mote é “Deixa de Fumar. O céu pode esperar”. A Pulmonale acredita que a prevenção continua a ser a melhor maneira de combater o cancro do pulmão e é nesse sentido que aposta na mudança de mentalidades através de um trabalho de sensibilização a desenvolver junto das novas gerações.

Segundo o presidente da Pulmonale, António Araújo, «é fundamental diminuir o consumo de tabaco de modo que, a médio prazo seja possível diminuir a incidência do cancro do pulmão e consequentemente a mortalidade a ele associada. Existe uma diferença, em termos de tempo, entre o consumo de tabaco e o aparecimento de cancro de pulmão. Essa diferença de tempo situa-se entre 10 e 15 anos. Portanto, vai ser precisa uma década para conseguir compreender qual é o efeito das nossas atitudes de hoje». Com esta aposta nos mais jovens a Pulmonale pretende contribuir hoje para a redução do consumo de tabaco para que, dentro de uma década, a diferença se faça notar na diminuição da incidência do cancro do pulmão.

Todos os anos são diagnosticados cerca de 3500 novos casos de cancro de pulmão, sendo que 80% dos casos são resultado directo dos hábitos tabágicos que surgem cada vez mais cedo. Segundo um estudo da Pulmonale é aos 16 anos que a maioria dos jovens começa a fumar, daí que a associação tenha decidido apostar na comunicação junto desses grupos, começando a percorrer Portugal, a partir do dia 17 de Novembro (Dia do Não Fumador), em Lisboa e Porto. Seguirá, depois, para Braga (18 de Novembro), Aveiro (21), Viseu (22), Guarda (23), Coimbra (24), Leiria (25), Santarém (28), Évora (29) e Faro (30).

«É fundamental agir globalmente junto das gerações mais novas, incitando-as a encarar o tabaco como um perigo, uma droga causadora de doenças, para quee amanhã se obtenham resultados visiveis na redução do Cancro do Pulmão», remata António Araújo.

Nesta campanha a Pulmonale conta com o apoio da Global Lung Cancer Coalition (GLCC), do Instituto Português da Juventude (IPJ) e da Lilly Portugal.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...