Curto ou cheio? 78% dos portugueses bebe café em casa

O número de consumidores de café em casa aumentou com a quarentena e a crise sanitária provocada pelo COVID-19. Dados do serviço TGI da Marktest mostram que 78,2% dos portugueses bebeu café em casa nos últimos 12 meses, o que corresponde a um aumento de 10,2% em relação a 2019.

A justificar esta tendência estará o encerramento temporário de muitos cafés e restaurantes durante o estado de emergência e as recomendações para ficar em casa o máximo de tempo possível. Imposibilitados de tomar café na rua com a mesma facilidade, os portugueses investiram no consumo em casa.

A Marktest revela ainda que, em tempos de pandemia, verificam-se aumentos na base de consumidores em casa das categorias de café moído/em grão e de café em cápsulas: saltos de 5 e 7%, respectivamente. O consumo de café solúvel, por seu turno, mantém-se estável, uma vez que é privilegiado ao pequeno-almoço e os hábitos neste período do dia não terão sofrido tantas alterações.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...