CTT desvendam novo posicionamento e identidade

“Os CTT são o operador de entrega total”. É este o novo posicionamento da marca, que faz acompanhar esta novidade com uma alteração a nível gráfico, que visa reforçar a simplicidade da marca e dinamizar a comunicação.

«Celebramos 500 anos de Correios em Portugal, como uma longa história de inovação. O novo posicionamento deve-se ao facto de sermos mais que um operador postal. A nossa oferta abrange a publicidade, logística, banca, pagamento, o universo físico e digital. Portanto, mais que um operador postal, queremos ser um operador de entrega total», afirma João Bento, CEO dos CTT.

O responsável acrescenta ainda que este posicionamento faz-se acompanhar por um novo sistema de valores, assente no compromisso, proximidade, simplicidade e modernidade. Destaque para a comunicação comercial dos CTT que perderá o icónico mensageiro a cavalo, mantendo-se apenas no campo da filatelia e na componente institucional.

Com a nova assinatura de marca surge uma nova família de mensagens para o mercado – “de uma encomenda ao que quiser”, “de uma encomenda ao que deseja”, “de uma encomenda ao que sonha”.

Miguel Salema Garção, director de Marca, Comunicação e Sustentabilidade dos CTT, destaca a nova palete de cores. «Uma comunicação diferente, mais dinâmica. Foi um trabalho profundo, com a Havas, para chegar a uma arquitectura gráfica mais simples mas mais eficiente.»

A simplicidade é notória ao nível da apresentação do portefólio, que foi alvo de uma reorganização. Os CTT, que contavam com mais de 20 sites, cada um destinado a um serviço, agruparam toda a sua oferta em quatro sites.

O site dos CTT, assim como a app, surgirão renovados, bem como as lojas, que apresentarão um novo conceito, contando com embaixadores para auxiliar os clientes.

Texto de Rafael Paiva Reis

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...