Continente e Auchan começam a vender autotestes já hoje. Restantes supermercados ainda não estão preparados

O Governo já tinha autorizado a venda de autotestes em supermercados, mas somente nos balcões destinados à disponibilização de medicamentos ou nas áreas de parafarmárcia (nas cadeias retalhistas em que essa situação se aplica, como acontece com o Continente e com a Well’s, por exemplo). Agora, porém, estes autotestes passam a poder ser comercializados também nos próprios supermercados, como se se tratasse de uma embalagem de arroz ou de uma garrafa de azeite.

O diploma que autoriza a venda de autotestes em super e hipermercados foi publicado ontem em Diário de República, entrando em vigor hoje. No entanto, nem todas as insígnias estão preparadas para começar desde já a oferecer essa possibilidade nas suas lojas.

Contactado pelo Multinews/Marketeer, o Mercadona, por exemplo, ainda não tem informações sobre o tema, ou seja, sobre o que irá mudar com a publicação deste decreto-lei.

O Pingo Doce, por seu turno, lembra que já vende autotestes à Covid-19 há mais de três meses, nos seus espaços Bem Estar (móveis e corners no interior nas lojas Pingo Doce) e nas parafarmácias com balcão de atendimento. Fonte oficial refere que a cadeia ainda aguarda as indicações específicas de como deverá proceder para a comercialização dos testes no interior dos supermercados.

“O Pingo Doce dispõe de stock para comercializar em todos os seus pontos de venda. Os stocks são reabastecidos à medida que as vendas forem decorrendo”, aponta ainda fonte oficial. “Neste momento comercializamos autotestes individuais de duas marcas diferentes, Genrui (PVP = 2,79 euros) e Roche (PVP = 4,99 euros), devidamente autorizados pelo Infarmed para venda ao público em parafarmácias.”

Quanto ao Lidl, a indicação é de que ainda está a preparar a comercialização dos autotestes: “No seguimento do que foi aprovado ontem em Conselho de Ministros e de acordo com o decreto-lei n.º 60-A/2021 que permite a venda de testes rápidos de antigénio na modalidade de autoteste em supermercados e hipermercados, o Lidl Portugal está a preparar a sua comercialização, prevendo disponibilizar os mesmos nos próximos dias, em todas as suas mais de 260 lojas, de norte a sul do país.”

Do lado do Minipreço, a resposta é semelhante, mas já há um horizonte definido: “De acordo com a legislação publicada, a partir da próxima semana todos os estabelecimentos Minipreço irão vender testes rápidos para detecção qualitativa de antígenos do SARS-CoV-2 em amostras de zaragatoas nasais.” Os autotestes serão disponibilizados em embalagens individuais e terão um PVP de 2,79 euros.

Já o Continente anunciou hoje, em comunicado de imprensa, que começará a vender os autotestes de imediato. A partir de hoje, basta passar por um supermercado da insígnia da Sonae MC para encontrar testes de antigénio fabricados pela Genrui Biotech – capazes de detetar o antigénio da proteína N da Síndrome Respiratória Aguda Grave do Coronavirus 2 (SARS-Cov-2) através de esfregaço nasal.

“Os testes podem ser adquiridos em todas as lojas Continente do país – Continente, Modelo e Bom Dia –, pelo valor de 2,79 euros (caixa de uma unidade)”, revela o mesmo comunicado.

O Continente assegura que o teste é simples de realizar, seguro e eficaz, sendo adequado para uso doméstico e não profissional. O kit pode ser armazenado entre 2ºC e 30ºC e é válido durante 18 meses, se a embalagem de alumínio permanecer selada.

O resultado é revelado em 15 minutos, sendo que os indivíduos com resultado positivo ou inconclusivo devem também contactar o SNS24 (808 24 24 24). Se o teste se revelar negativo, também deve ser comunicado via formulário electrónico.

No caso dos supermercados Auchan, a A Auchan Retail Portugal sublinha que “já está a comercializar, a partir de hoje, testes rápidos de antigénio SARS CoV-2 para autodiagnóstico (autoteste), no linear de todas as lojas Auchan, My Auchan e em Auchan.pt”.

Neste momento, a cadeia tem disponível testes da Genrui com formato unitário (2,78 euros) e com caixas de cinco unidades (13,49 euros), que podem ser encontrados no linear das lojas, nos espaços A Minha Saúde e Bem Estar e na loja online.

“Recorde-se que a Auchan já comercializava testes rápidos de antigénio SARS CoV-2 para autodiagnóstico (autoteste) nos seus espaços de Saúde e Bem Estar e em Auchan.pt, sendo que agora estes testes passam a estar também disponíveis no linear de todas as lojas da marca”, ressalva a empresa.

O Intermarché adiantou entretanto que “está a aguardar indicações sobre o que muda com este Decreto-Lei publicado em Diário da República”.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...