Como apoiar pequenos negócios em tempo de coronavírus

Empresas dos mais variados sectores estão a sofrer com a propagação do novo coronavírus. Numa altura em que é recomendado o isolamento social e a quarentena voluntária (em todos os casos em que seja possível), é expectável que os restaurantes fiquem mais vazios, bem como as lojas que não vendam produtos de primeira necessidade.

Pequenos negócios estarão entre os mais afectados pela mudança de comportamentos. A pensar neles, a CNN criou um guia com dicas sobre como ajudá-los, sendo que uma delas passa por comprar gift cards: adquirir um voucher da loja ou restaurante preferido é uma forma de garantir que ainda há dinheiro a entrar, mesmo que o cliente só possa usufruir da refeição, por exemplo, alguns meses depois.

A segunda sugestão envolve optar por negócios locais na hora de fazer compras. Considerando que continua a ser preciso comprar alguns bens, a CNN aconselha a que se escolha lojas das redondezas.

Pedir para entregar em casa é outra dica. Se, para cumprir as recomendações das autoridades de saúde, não se deve sair de casa, o melhor é aproveitar as empresas que continuam a oferecer serviços de entregas. Alguns negócios mais pequenos que não tinham este serviço passaram até a disponibilizá-lo, precisamente como forma de combater a queda nas vendas. Há, porém, alguns cuidados a ter: os pagamentos devem ser realizados sem qualquer tipo de contacto (MB Way, por exemplo) e a entrega não deve ser feita no interior da casa.

A última dica passa por dar gorjeta. Embora este seja um hábito mais usual em mercados como os Estados Unidos da América, poderá ser uma técnica para apoiar negócios locais ou qualquer outra empresa.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...