Cofina triplicou lucros no primeiro trimestre

cofina-mediaApesar da quebra das receitas, o grupo de media Cofina obteve um resultado líquido de 865 mil euros nos primeiros três meses do ano, o que representa um aumento de 212% em relação aos 277 mil euros arrecadados no período homólogo do ano passado.

No primeiro trimestre, a Cofina registou receitas operacionais a rondar os 24 milhões de euros, menos 2,1% em relação ao período homólogo do ano transacto. “Apesar da quebra das vendas, a política criteriosa na gestão de custos levada a cabo pela empresa foi decisiva para incrementar as margens de rentabilidade, com os custos operacionais, excluindo amortizações, a reduzirem-se 4% neste período”, sublinha o grupo em nota de imprensa.

Entre Janeiro e Março, o grupo de media registou uma quebra homóloga de 7,9% nas receitas de publicidade, para 7,3 milhões de euros, que foi acompanhada pelo recuo de 6,3% nas receitas de circulação, para 13 milhões de euros. Estes resultados foram parcialmente compensados pela subida de 36,4% das receitas relacionadas com produtos de marketing alternativo, para 3,7 milhões de euros.

No que diz respeito às receitas de circulação, a quebra esteve do lado do segmento de revistas, cujas receitas contraíram 11,7%, para 4,6 milhões de euros. Em contrapartida, as receitas na área de jornais progrediram 0,5%, para 19,5 milhões de euros, “invertendo a tendência que perdurava há vários trimestres”, sublinha a Cofina, acrescentando que “para este desempenho contribuiu decisivamente o contributo da CMTV, com 1,5 milhões de euros”.

No período em análise, a Cofina registou um EBITDA (resultado antes de juros impostos depreciações e amortizações) de 3,2 milhões de euros, mais 10% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a margem EBITDA subiu 1,4 pontos percentuais, para 13,2%.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...