Casa do Impacto lança desafio: quem quer ser um agente de inovação?

“Tu és Casa do Impacto” é o mote de uma campanha lançada pelo projecto da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) que se reveste também de desafio. Depois de um período de confinamento, que obrigou toda a operação a saltar para o digital, a Casa do Impacto está à procura de novos agentes de inovação.

E como saber se se é um agente de inovação? Basta assistir ao filme que sustenta a campanha de comunicação digital para perceber melhor o perfil de empreendedores esperado. Em traços gerais, o objectivo é encontrar mentes criativas que ajudem a construir modelos inovadores de impacto social e ambiental. Estas soluções deverão contribuir para ultrapassar a crise sócio-económica provocada pela pandemia de COVID-19.

Os agentes de inovação poderão tirar partido dos vários programas de capacitação, aceleração e incubação, além de ter acesso a um conjunto de stakeholders e a um fundo de investimento.

É, segundo Maria João Matos, directora de Comunicação e Marcas da SCML, um convite aos «empreendedores a regressarem a ‘Casa’ e a difundirem a mensagem do impacto – a oportunidade de participarem na resolução dos vários desafios que enfrentamos, com o acompanhamento de especialistas e apoio de uma estrutura e organização que conhece os problemas sociais de perto há 522 anos e que, hoje, infelizmente, vivemos de uma forma muito próxima».

O conceito criativo da campanha “Tu és Casa do Impacto” partiu da Casa do Impacto/SCM, ao passo que o vídeo foi desenvolvido pela produtora Shortfuse.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...