Canais norte-americanos cortam nos anúncios para sobreviver ao Netflix

Gigantes da televisão norte-americana como a Fox, a Viacom e a Time Warner estão a reduzir o tempo de antena dado à publicidade na esperança de conseguirem manter os seus espectadores e reaver alguns do que possam ter sido conquistados pelos serviços de streaming. Um dos benefícios do Netflix e de outros serviços semelhantes reside na inexistência de anúncios e na possibilidade de assistir a horas de séries e de filmes sem interrupções. Para concorrer com esta mudança de paradigma, os canais tradicionais estão a adaptar-se.

Segundo a Bloomberg, a Viacom, responsável por canais como a Comedy Central e a MTV, já reduziu o número de minutos dedicados a publicidade e a Fox vai pelo mesmo caminho, tendo anunciado que irá oferecer aos espectadores a opção de assistirem a um anúncio interactivo de 30 segundos em vez de passarem pelo intervalo de um ou dois minutos. A Time Warner também irá cortar nos anúncios mas só a partir do final do próximo ano. Em declarações à Bloomberg, Jeff Bewkes, CEO da Time Warner, reconhece a vantagem que o Netflix tem sobre o canal neste campo e refere ainda que os consumidores «estão a ser ensinados de que existem locais a que podem ir para evitar os anúncios».

Dados da Nielsen revelam que desde 2009, o tempo dedicado por hora aos anúncios nos canais por cabo nos Estados Unidos da América aumentou de 14:27 para 15:38. Nos canais de sinal aberto, também se registou uma subida de 13:25 para 14:15 minutos por hora.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...