Caixa com nova marca inova no Rock in Rio

CGD RiRA estrela és tu. Quem o diz é a Caixa e é com este pressuposto que quer tratar o público no Rock in Rio. Pela primeira vez associada ao evento, a Caixa faz questão de se diferenciar pelo tipo de activações desenhadas e pela inovação. Para, conforme refere o director de Comunicação e Marca, Francisco Viana, «oferecer uma experiência única» e reafirmar o banco enquanto marca inovadora e em processo de rejuvenescimento. Ou não estivesse mesmo em fase de “debranding”, com o logótipo retocado e já sem o nome Caixa Geral de Depósitos a acompanhá-lo. O Rock in Rio será, de resto, o primeiro momento em que a Caixa aparece com a imagem alterada, sendo este «o início de um processo que visa conseguir uma marca mais jovem e moderna», refere Francisco Viana.

Na Bela Vista, um dos grandes trunfos junto do público será o bag jump. A partir de uma prancha, cada um poderá saltar de uma altura entre 2,5m e 8,5m para um enorme quadrado insuflado, sendo que cada salto ficará registado e poderá ser depois partilhado a partir de pulseiras com RFID que a Caixa disponibilizará.

Aliás, partilha é palavra-chave em todas as experiências que a Caixa apresenta no recinto da Bela Vista. Como, entre outras, a que poderá acontecer no Palco Rock Star em que cada pessoa pode estar 30 segundos em palco e ter uma verdadeira multidão (virtual) a aplaudir e a gritar o seu nome. Ou, ainda, em mupis interactivos nas caixas multibanco onde será possível a construção de um cartão personalizado.

No local, estará sempre presente uma equipa de social media que acompanhará e registará todos os momentos, os quais podem depois ser partilhados no Instagram, no Twitter e no Facebook da Caixa. «E que ajudarão a garantir um buzz em torno da marca», diz Francisco Viana, sublinhando que em todos os espaços será privilegiada a inovação «para que as experiências possam ser partilhadas em tempo real nas redes sociais».

Texto de Maria João Vieira Pinto

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...