Batas Zara chegam aos hospitais espanhóis

Já chegaram aos hospitais as primeiras batas com etiqueta da Zara. A marca espanhola de moda modificou parte das suas linhas de produção de modo a que seja possível dar vida a peças de vestuário essenciais a quem está linha da frente do combate ao COVID-19.

Segundo adianta o jornal El Mundo, a primeira remessa aterrou num hospital da região da Corunha, estando previstas novas encomendas para as próximas semanas.

“Estamos a explorar a possibilidade de converter parte da nossa capacidade de fabrico têxtil para a produção de material santário (…) Neste sentido, identificou-se a possibilidade de fabricar batas protectoras em Espanha, o que requer uma série de ajustes sanitários e a confirmação da disponibilidade de matéria-prima”, explicou o Grupo Inditex, que detém a marca, no início da pandemia.

Além de batas, a Zara está também a produzir máscaras e outros equipamentos necessários para os profissionais de saúde. O Grupo Inditex colocou ainda a sua rede logística à disposição do governo e está a facilitar o envio de encomendas todas as semanas: a mesma publicação aponta para mais de 35 milhões de unidades de protecção que chegaram a Espanha com a ajuda da Inditex.

Quanto a políticas internas, o grupo decidiu pagar do próprio bolso o salário integral a todos os trabalhadores, em vez de recorrer às medidas de apoio criadas pelo governo espanhol. Decisão que já levou a ministra María Jesús Montero a elogiar a estratégia da Inditex.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...