Apple escolhe TomTom e abandona Google

A TomTom, maior fabricante europeia de dispositivos de navegação portáteis, anunciou hoje que vai fornecer mapas e outros dados de geolocalização à Apple. A revelação surge um dia depois de a empresa da maçã ter anunciado um sistema de cartografia próprio, para concorrer directamente com a Google.

Ontem, durante a Worlwide Developer Conference, que decorreu em São Francisco, a Apple apresentou uma aplicação de mapas própria, que será integrada no próximo sistema operativo da empresa, o iOS 6, que será lançado no Outono. O novo serviço susbtituirá o sistema da Google, que até agora vinha pré-instalado nos smartphones e tablets da marca. O serviço de mapas da empresa liderada por Tim Cook terá imagens de cidades em três dimensões, e vai também funcionar como um programa de orientação automóvel, oferecendo rotas alternativas para evitar o congestionamento do trânsito.

“Há três fornecedores de mapas digitais no mundo – Nokia, Google e TomTom – e três principais fornecedores de sistemas operativos móveis – Windows, Android e Apple. O Windows utiliza os mapas da Nokia, o Android os da Google, e até ontem o iOS [da Apple] também utilizava os da Google. Mas agora o iOS está a mudar para a TomTom», anunciou a fabricante holandesa em nota de imprensa, citada pelo Financial Times.

A parceria com a Apple pode dar um novo impulso ao negócio da TomTom, que tem sofrido quebras nas vendas dos seus dispositivos tradicionais de navegação por satélite, à medida que os consumidores tendem a optar pelo uso dos smartphones. De acordo com o Financial Times, no primeiro trimestre do ano, as receitas da empresa recuaram 12% face ao período homólogo para 233 milhões de euros.

Nos últimos 12 meses, as acções da TomTom desvalorizaram 40%, segundo a agência Bloomberg. No entanto, o anúncio do acordo fez as acções da empresa dispararem 16% esta manhã para 3,81 euros.

Para além da aplicação de mapas, a Apple anunciou ontem que o sistema operativo iOS 6 – que estará disponível para iPhone, iPad e Mac – permitirá uma maior integração com a rede social Facebook, apresentou uma nova geração de computadores MacBook, bem como melhorias no sistema de comando de voz Siri.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...