Anda a dormir com o telemóvel?

Se, no futuro, o seu telemóvel vier equipado com um modo “bedtime”, especialmente desenvolvido para a hora em que, na verdade, devia estar a dormir, a culpa poderá ser de quatro investigadores britânicos. Um novo estudo, elaborado pelo St Thomas Hospital em parceria com a University of Surrey, sugere que as tecnológicas desenvolvam um modo inteligente que substitua as luzes azuis por outras amarelas ou vermelhas e que reduza a intensidade da luminosidade.

Porquê? Porque as luzes azuis que os telemóveis mais modernos emitem estão a perturbar os ciclos de sono dos seus utilizadores. Segundo o relatório “Bigger, Brighter, Bluer-Better? Current light-emitting devices – adverse sleep properties and preventative strategies”, a luz azul impede a libertação de melatonina, a hormona que ajuda a regular o sono. A descoberta já não é nova mas a proposta de resolução sim.

A ideia surgiu depois dos investigadores terem testado os efeitos das luzes em questão quando utilizados óculos com lentes alaranjadas ou aplicações que permitam alterar as cores do dispositivo. Concluíram que o efeito pode ser anulado com este tipo de alternativas.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...