AHRESP propõe medidas para dinamizar o canal Horeca

No dia em que os estabelecimentos de restauração e bebidas retomam a actividade, a AHRESP propõe ao Governo um programa com 11 medidas que considera essenciais para a capitalização do canal Horeca.

O Programa de Capitalização para Empresas do Canal Horeca procura garantir a sobrevivência das empresas e a manutenção dos postos de trabalho, permitindo liquidez nas tesourarias das empresas. As principais medidas consistem no regime especial de Lay Off simplificado, a aplicação da taxa reduzida de IVA nos serviços de alimentação e bebidas, a isenção da TSU a cargo das empresas e redução das rendas não habitacionais.

Em comunicado, a AHRESP afirma que, perante o encerramento da actividade nestes últimos dois meses, as soluções de apoio disponibilizadas pelo Governo, à excepção do lay off simplificado, basearam-se em moratórias, pagamentos faseados, e concessão de créditos. Segundo a entidade, estas medidas “apenas criaram mais endividamento, para um futuro próximo de total incerteza quanto à viabilidade das nossas actividades”.

De acordo com a AHRESP, este sector mais de 320 mil postos de trabalho, com impacto em mais de um milhão de habitantes.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...