Afectos dão o mote a campanha do Pingo Doce

“Faça da Mesa um lugar melhor.” É este o mote da campanha de publicidade do Pingo Doce que arranca amanhã nos cinemas e no online. «Trata-se de mais do que uma campanha publicitária», salientou ao início da tarde Isabel Ferreira Pinto, directora-geral do Pingo Doce, que garante que em Portugal é à mesa que se reforçam laços e sentimentos de partilha. «É à mesa que são tomadas muitas das grandes decisões na vida pessoal e profissional», lembra justificando assim que para os portugueses a “boa mesa” é mais do que os produtos que lá são postos. «Não podem faltar os afectos e a união.»

E foi isso que a marca quis fazer transparecer na campanha de publicidade que tem quatro filmes, cada um contando uma história. Há o “Um Jantar Mais Quente” que conta a história da família tradicional de pai, mãe e um filho em que um dos elementos chega muitas vezes tarde para jantar; a “Pequeno Almoço de Verdade” que põe a nu a realidade de um pai divorciado e a relação com a sua filha; a “Unidos à Mesa” que mostra as dificuldades pelas quais passa uma criança com obesidade; e “O 1º Jantar” onde um casal idoso se adapta aos tempos modernos, aprendendo com o exemplo dos mais novos. Todos os filmes apelam à emoção dos clientes. E, claro, todos em redor de uma mesa.

Sofia Lufinha, directora de Marketing do Pingo Doce, refere que se trata de uma «forma diferente de falarmos enquanto marca. Uma forma mais afectiva, mais humana, de pessoas para pessoas». A responsável acredita que com esta campanha sairá reforçada a cumplicidade da marca com os seus clientes. No entanto revela que «a escolha dos temas foi um desafio para os responsáveis da marca». Esta profissional é de opinião de que cada uma das situações está retratada na maior parte das famílias portuguesas e que as pessoas se vão identificar com pelo menos um dos temas. «As pessoas relacionam-se com os filmes porque eles transpiram realidade e honestidade», acrescenta, por seu lado, Marco Pacheco, director criativo da campanha.

Os quatro filmes têm versões de um minuto e meio que viverão no cinema e no online. Na televisão poderão ser vistos, numa primeira fase, os filmes com um minuto e, numa segunda fase, as versões de 30 segundos, convidando os espectadores a ver as versões mais longas no online. Amanhã arrancam os dois primeiros filmes no online e no cinema, passando a ser exibidos em televisão a partir de sábado. Os dois outros filmes seguem a mesma dinâmica, mas arrancam apenas no dia 9 de Fevereiro, altura em que serão também visíveis as criatividades de exterior. Os responsáveis da marca escusaram-se a revelar qual o investimento canalizado para a campanha.

Nova agência do Pingo Doce

Trata-se da primeira campanha de mass media do Pingo Doce com assinatura da BBDO, agência que, desde o início de Janeiro, tem estado já responsável pelos dois folhetos semanais da marca (um da semana e um de fim-de-semana) e os de feiras especiais. Os quatro filmes desta campanha contam com produção da Garage, com produção executiva de Miguel Varela e realização de João Nunes Pinto.

Rui Silva, presidente e chief Creative officer da BBDO Portugal, acredita que trabalhar com a marca Pingo Doce «vai fazer da BBDO um lugar melhor com mais noção do Portugal real».

Recorde-se que, anteriormente, o Pingo Doce trabalhava com a Duda, agência que continua a trabalhar com a Biedronka, insígnia da Jerónimo Martins no mercado polaco.

Texto de Maria João Lima

Veja aqui os dois primeiros filmes a ir para o ar e o respectivo making of.

“Um Jantar Mais Quente”

“Pequeno-Almoço de Verdade”

Making of Pingo Doce

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Os números não enganam. Portugal está entre os piores pagadores
Automonitor
Combustíveis: Boas notícias para os condutores a partir desta segunda-feira