A sua empresa tem um Community Chief of Vegetables?

A Noocity tem um desafio para lançar às empresas portuguesas: está na altura de incluir um Community Chief of Vegetables no rol de contratações. A startup especializada no desenvolvimento de hortas urbanas (em casa ou no escritório) considera que já é tempo de actualizar os quadros das organizações do País, abrindo espaço para um profissinal responsável por assegurar a transição ecológica dentro da empresa e que seja capaz de fomentar hábitos mais amigos do ambiente.

O Community Chief of Vegetables também deve conseguir revigorar as relações entre os colaboradores através do contacto com a natureza, segundo propõe a Noocity em comunicado.

«Numa altura em que muitas empresas se questionam sobre o futuro do escritório, a ideia de lançarmos este desafio, de cada empresa ter o seu Community Chief of Vegetables, é um impulso para promover um movimento de consciencialização ambiental e o sentido de comunidade dentro das organizações», explica José Ruivo, CEO da Noocity.

Segundo o responsável, passamos tantas horas da nossa vida no trabalho que as empresas também têm um papel fundamental no sentido de promover uma mentalidade e um ambiente de mudança de comportamentos.

Em traços gerais, o Community Chief of Vegetables deverá ser um amante da natureza com capacidade de criar laços e inspirar à mudança: «Esta pessoa é o elemento transformador dentro da organização, responsável por cultivar nas diferentes equipas um espírito alinhado com os valores da transição ecológica. É muito gratificante para nós já estarmos a fazer este caminho com algumas empresas em Portugal», comenta ainda José Ruivo.

Microsoft e Natixis estão entre as empresas que já aceitaram o desafio da Noocity. No caso da Microsoft, a escolha recaiu sobre Rita Piçarra, que acumula o cargo com as funções de CFO: «O papel dos Community Chief of Vegetables é cada vez mais importante nas organizações. São eles os responsáveis por ajudar a recriar as memórias do campo na cidade e por plantar nas equipas a primeira semente para se envolverem com as hortas, levando à criação de momentos de partilha e aprendizagem.»

Em comunicado, Rita Piçarra sublinha que esta visão está alinahda com o tipo de actividades que a Microsoft defende em prol de um futuro melhor. «Acredito que os Community Chief of Vegetables são fundamentais para transformar o dia-a-dia das empresas e reforçar o elo de ligação entre os colaboradores.»

Já na Natixis, é a vez de Nádia Leal Cruz, Communication & Marketing manager, acumular também o cargo de Community Chief of Vegetables. A responsável garante ser um orgulho integrar este projecto, «que tem tido um impacto circular tão positivo, através da criação de um ainda maior sentido de pertença à empresa, fomentando a proximidade entre os colaboradores, mas também criando valor para a comunidade» – que recebe os vegetais plantados.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...