A estratégia de Pias para combater a “apropriação industrial”

Sabia que nem todos os vinhos de Pias são produzidos, de facto, em Pias? Para combater a “apropriação industrial” do nome da região, a Sociedade Agrícola de Pias montou uma estratégia comunicacional que quer “mostrar a verdade por detrás do rótulo”.

Texto de Daniel Almeida

Pias. Mesmo quem não é apreciador de vinhos conhecerá o nome da pequena freguesia alentejana que se tornou um fenómeno vínico. Sobretudo na última década, as prateleiras dos hipermercados e garrafeiras nacionais encheram-se de vinhos de Pias, sejam em formato bag-in-box ou garrafa. Só que, nem todos são oriundos de Pias. Na verdade, apenas uma percentagem residual destes vinhos é ali produzida. Os restantes vêm de outros locais do Alentejo, de outras regiões vinícolas nacionais ou até mesmo de fora do País, apesar de terem “Pias” no rótulo. Confuso?

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Outubro de 2020 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...