A capa da Vogue Itália é totalmente branca. Sabe porquê?

Não há fotografias, texto, gráficos ou ilustrações na capa da mais recente edição da Vogue Itália. A publicação decidiu avançar com uma capa em branco num gesto de respeito e solidariedade por todos os que estão a lutar contra o novo coronavírus ou a sentir de alguma forma os seus efeitos.

É a primeira vez em mais de 100 anos que a capa de uma das principais revistas de moda do Mundo surge totalmente branca – excepção feita ao logótipo que permite identificar que título temos nas mãos.

Numa publicação no Instagram, a Vogue Itália explica que, há duas semanas, a equipa estava preparada para avançar com uma edição que já vinha a ser preparada há algum tempo. Tratava-se de uma parceria com a L’Uomo Vogue, mas juntas entenderam que agora não era a melhor altura.

“Falar de qualquer outra coisa – enquanto morrem pesssoas, médicos e enfermeiros arriscam as suas vidas e o Mundo está a mudar para sempre – não é o ADN da Vogue Itália”, explica a publicação. Por isso, colocaram na gaveta o projecto que tinham planeado e começaram uma nova edição.

A escolha de uma capa em branco não se deve à falta de imagens, explica ainda a revista. Bem pelo contrário. “Escolhemo-la porque significa muitas coisas ao mesmo tempo”, desde respeito a renascimento, passando pela luz após a escuridão. Branco é também a cor das roupas de quem salva vidas, representa paz e tempo para pensar e estar em silêncio.

A Vogue Itália lembra ainda que branco foi a cor adoptada após a crise de 1929 como expressão de pureza no presente e esperança no futuro. “Acima de tudo: branco não é rendição, mas uma folha nova à espera de ser escrita, a primeira página de uma nova história que está prestes a comerçar”, explica ainda a revista.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...