95% dos ingredientes da L’Oréal será de origem sustentável até 2030

A L’Oréal anuncia hoje um novo compromisso com o Planeta: até 2030, 95% dos ingredientes usados nos seus produtos terá origem em fontes vegetais renováveis, minerais abundantes ou processos de economia circular. Além disso, todas as fórmulas respeitarão os ecossistemas aquáticos.

O anúncio é realizado no âmbito da estratégia de transformação da área de Investigação & Inovação da L’Oréal, que passa pela adopção de uma abordagem “Ciência Verde”. O objectivo é oferecer produtos cada vez mais eficazes, mas também seguros e ambientalmente responsáveis. Para isso, é necessário encontrar alternativas aos ingredientes à base de petróleo.

Nicolas Hieronimus, vice-director executivo responsável pelas Divisões, explica que o departamento de investigação da L’Oréal tem sido, desde sempre, uma alavanca fundamental para a empresa. Agora, esse trabalho passa a contar com um foco maior na sustentabilidade: «A nossa ambição é que até 2030 sejamos capazes de oferecer a mulheres e homens em todo o Mundo cosméticos cada vez mais eficazes, seguros e que respeitem o ambiente.»

Na prática, o plano da L’Oréal passa pelo cultivo sustentável de ingredientes com a ajuda de processos tecnológicos de vanguarda. Este caminho teve início ainda antes do anúncio da nova abordagem, levando a que 80% das matérias-primas utilizadas pela L’Oréal no ano passado já fosse biodegradável, por exemplo.

«Com recurso às Ciências Verdes, somos capazes de enfrentar este ambicioso desafio científico e técnico. Esta abordagem baseada na economia circular permitir-nos-á atingir novos níveis de desempenho e descobrir benefícios cosméticos sem precedentes, sem comprometer a qualidade ou a segurança, ao serviço de uma beleza que respeita o Planeta», acrescenta Barbara Lavernos, directora de Investigação, Inovação e Tecnologia.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...