9 dicas para umas férias seguras

Agosto é, por excelência, mês de férias para as famílias portuguesas. A pensar em quem opta por viajar para descansar ou conhecer novas cidades, a Kaspersky Lab reuniu nove conselhos para assegurar que a experiência não fica marcada por um ciberataque.

1 – Bloquear os dispositivos com um código de acesso é a primeira precaução a tomar. Desta forma, evita-se que alguém possa entrar nos mesmos e roubar informação;

2 – A Kaspersky Lab aconselha também a antecipar possíveis perdas ou roubo de dispositivos. Não sendo possível algemar o telemóvel ao pulso, por exemplo, a alternativa poderá ser activar o GPS para ser mais fácil localizá-lo. Deste modo também é mais fácil aceder remotamente ao equipamento e eliminar dados nele armazenados;

3 – Os utilizadores devem configurar a própria rede privada virtual e utilizá-las nas conexões a Wi-Fi público. Assim, os hackers que costumam utilizar as redes de hotéis e aeroportos não conseguiram aceder ao equipamento;

4 – É necessária cautela na escolha de uma rede de Wi-Fi aberta, pois alguns hackers poderão ter criado conexões com um nome semelhante a uma rede legítima para conseguir roubar dados;

5 – Ao utilizar o Wi-Fi público, os utilizadores não devem entrar em páginas que contenham informação pessoal como é o caso do Facebook, Twitter, homebanking, entre outros;

6 – Também não é aconselhado aceder a contas pessoais através de dispositivos públicos, incluindo computadores disponibilizados em aeroportos, hotéis e bibliotecas;

7 – A Kaspersky Lab aconselha a não deixar o Bluetooth constantemente activo para evitar que os hackers acedam às informações pessoais;

8 – Poderá ser boa ideia alugar um telemóvel 3G/4G no destino de férias para evitar um susto na factura telefónica;

9 – Os utilizadores poderão optar por proteger os seus dispostivos através de uma solução que abarque diversos equipamentos. Os programas anti-vírus não são destinados apenas a computadores.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...