58% dos profissionais de Marketing e Vendas procura novo emprego

O mercado de Marketing e Vendas em Portugal mostra sinais de dinamismo e mudança: 58% dos profissionais da área encontra-se, actualmente, em busca de uma nova oportunidade de emprego. A estimativa é apontada pela Robert Walters no “Salary Survey 2020”, segundo o qual 67% dos profissionais tem contrato sem termo e fica uma média 1,3 anos no mesmo cargo.

O estudo revela que 26% mudaria de trabalho para progredir na carreira e 100% estaria aberto a um novo desafio em 2020. Actualmente, 62% dos profissionais mostra-se optimista em relação a oportunidades de emprego no sector.

Um bom equilíbrio entre trabalho e vida faz parte da lista dos quatro principais elementos para a satisfação laboral. A Robert Walters destaca também o salário e benefícios competitivos, feedback da equipa de gestão e, por fim, nível de responsabilidade. Nesse sentido, os profissionais de Marketing e Vendas ambicionam flexibilidade, formação (especialmente na área do digital) e políticas de conciliação familiar.

Por outro lado, as quatro principais motivações para uma mudança de emprego são uma melhoria salarial, maior progressão de carreira, melhor conciliação vida laboral/familiar e uma mudança de função ou responsabilidades.

No que aos salários diz respeito, o meu estudo refere que “os aumentos salariais para os profissionais de sales & marketing são dos menos significativos face a outras áreas”. No entanto, podem existir diferenças na parte variável do ordenado e aumentos em função dos anos de experiência.

As posições de head of Digital, e-commerce manager, head of e-commerce, Marketing director, Communications director, Sales manager, Commercial director e Export director são as que poderão conseguir salários mais elevados em 2020.

Apenas 11% dos profissionais espera um aumento salarial de 7 a 15% este ano, ao passo que 54% não espera receber qualquer tipo de aumento.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...