Zippy segue para a China

Zippy A Sonae acaba de confirmar a exportação da Zippy para a China, para o retalho especializado. A expansão enquadra-se na estratégia de internacionalização através de modelos capital light, o qual consiste na exportação de produtos para comercialização em lojas de outros retalhistas, tem menores exigências de investimento e permite levar os produtos desenvolvidos em Portugal a um número crescente de famílias em todo o Mundo. Os mercados internacionais são responsáveis por mais de metade das vendas da Zippy, com espaços dedicados em mais de uma dezena de países, passando agora a contar também com a China, onde estes produtos se encontram em lojas de outros retalhistas.

No final de 2012, as marcas da Sonae SR respondiam por 146 lojas fora de Portugal, das quais 20 em regime de franchising, num total de 158 mil m2 de área de venda, repartidas por Espanha, Turquia, Arábia Saudita, Malta, Egito, Cazaquistão, Azerbaijão, República Dominicana e Venezuela.

«A Sonae estabeleceu a internacionalização como um dos pilares da sua estratégia de desenvolvimento, sendo a exportação uma forma de acelerar a internacionalização das nossas marcas. Além de permitir à Sonae uma diversificação das suas fontes de receitas com a abertura de mercados de forte dinamismo económico, como é o caso da China, esta aposta tem um impacto positivo na economia nacional, dado assentar na exportação de produtos em que o valor acrescentado está concentrado em Portugal», declarou Miguel Mota Freitas, CEO da Sonae SR.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...