YouTube responde a críticas com novas ferramentas

O YouTube está a preparar um novo conjunto de ferramentas de segurança para as marcas, na esperança de descansar os anunciantes que têm promovido o boicote publicitário de que é alvo. As novas ferramentas serão o resultado de um trabalho desenvolvido em parceria com entidades externas, revela a AdAge. DoubleVerify e Integral Ad Science são algumas das empresas a colaborar com a plataforma de vídeo.

O objectivo é poder garantir aos anunciantes que as suas campanhas não vão acabar lado a lado com conteúdos potencialmente ofensivos e preconceituosos. Não existe para já, porém, uma data exacta relativamente ao lançamento destas novidades.

Especialistas em tecnologia para publicidade citados pela mesma publicação, indicam que deverão existir limites à intervenção destas entidades externas. Segundo estes profissionais, não será possível vetar todos os vídeos com conteúdos terroristas, sexuais ou violentos. O seu principal papel deverá ser o de auditor, reportando quaisquer anomalias verificadas.

Desde que as marcas começaram a suspender a compra de espaço publicitário no YouTube, a plataforma tem estado a perder milhões de dólares por dia, avança a AdAge, sendo que poderá perder 750 milhões de dólares (703,4 milhões de euros) ou mais, até ao final do ano, caso não consiga inverter a situação.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...