WhatsApp impõe limites à partilha de mensagens virais

O WhatsApp quer travar a difusão de informações falsas: a partir de agora, só será possível reencaminhar uma mensagem popular para apenas uma conversa, em vez de cinco. A aplicação entende por popular todas as mensagens que tenham sido identificadas como “muito reencaminhadas”, ou seja, que tenham sido enviadas para uma cadeia de cinco ou mais pessoas.

A ideia será abrandar o ritmo a que a informação se movimenta dentro do WhatsApp. Numa publicação partilhada no seu blog, a aplicação detida pelo Facebook sublinha que reencaminhar mensagens não tem nada de errado, mas que nem todas as pessoas aproveitam este recurso da melhor forma: “Temos visto um aumento significativo na quantidade de mensagens encaminhadas que, de acordo com nossos utilizadores, podem contribuir para a disseminação de boatos e informações falsas.”

Ao tornar mais lento o processo de reencaminhar mensagens, o WhatsApp espera que a sua plataforma continue a ser um espaço seguro para conversas pessoais.

Para perceber melhor a origem de uma mensagem reecaminhada, o WhatsApp criou uma etiqueta de setas duplas, visível em todos os conteúdos que não foram criados pelo contacto que os enviou. “Geralmente, as mensagens encaminhadas muitas vezes podem conter informações falsas e não são tão pessoais quanto as mensagens típicas enviadas pelos seus contactos no WhatsApp”, explica a aplicação.

O WhatsApp está também a trabalhar directamente com ministérios da Saúde de mais de 20 países e com a Organização Mundial de Saúde (OMS) para ajudar a levar informações fidedignas à população. Estes parceiros da aplicação já enviaram centenas de milhões de mensagens sobre a pandemia, revela o WhatsApp.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...