Volkswagen pede desculpa por anúncio racista

A Volkswagen é a mais recente marca obrigada a retirar um anúncio depois de ser alvo de críticas e acusações de racismo. A ideia era promover o novo Golf 8, mas o vídeo divulgado nas redes sociais chamou a atenção por outro motivo: segundo indica a CNN, o anúncio mostrava uma mão branca gigante a empurrar um homem negro, afastando-o do automóvel da marca.

«Publicámos um anúncio racista no canal da Volkswagen no Instagram», admitem Jürgen Stackmann, head of Sales & Marketing, e Elke Heitmüller, head of Diversity, da insígnia alemã. «Compreendemos o desagrado do público. Porque nós também estamos horrorizados», acrescentam. O anúncio foi, entretanto, removido mas circulam pela internet cópias do mesmo.

Os dois responsáveis da Volkswagen pedem desculpa pelo filme a todas as pessoas, mas mais concretamente a quem se tenha sentido pessoalmente atingido pelo conteúdo racista.

Num comunicado separado, a Volkwagen acrescenta que não tolera qualquer tipo de racismo, xenofobia ou discriminação, tendo em conta a sua própria história. A empresa nasceu em 1937, em pleno regime nazi, e recorreu a trabalho escravo de campos de concentração para construir os seus primeiros veículos.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...