Vodafone quer ser mais ecológica: das capas de bambu à energia 100% renovável

No prazo de cinco anos, a Vodafone Portugal quer cortar para metade o impacto ambiental do seu negócio. O plano traçado para atingir o objectivo inclui um conjunto de iniciativas, desde a aquisição de 100% de electricidade renovável à reutilização e reciclagem de equipamentos obsoletos ou à venda de acessórios amigos do ambiente.

Neste momento, a operadora já disponibiliza aos seus clientes capas para smartphones feitas a partir de redes de pesca recicladas, fibra de bambú, amigo de milho, pedra e madeira. O objectivo é contribuir para a redução da da utilização de matérias-primas não renováveis. Os produtos eco-friendley contam com a etiqueta Red Loves Green para serem facilmente identicáveis.

Ao longo dos últimos quatro anos, a Vodafone Portugal já reduziu 23% de plástico e 51% de papel usados nas embalagens dos produtos. Implementou também a factura electrónica, eliminando mais de 39 toneladas de papel e reciclou ou reutilizou 94% dos resíduos produzidos. Destaque ainda para a redução de cerca de 20% no consumo de combustível utilizado pela frota da companhia.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...