Visão, som e movimento são o futuro das compras online

Os conteúdos compráveis (ou shoppable) estão a evoluir. A visão, o som e o movimento serão elementos-chave desta nova forma de comprar online, pautada pela criação de formatos mais orgânicos – que contrastam com as plataformas de comércio electrónico mais tradicionais.

«A ascensão de conteúdos compráveis nas redes sociais criou a base para a próxima fase da descoberta de produto: vídeos compráveis», antecipa Andrew Lipsman, analista da eMakerter. No relatório “The Future of Retail 2020”, o responsável explica que não se trata propriamente de um novo conceito e aponta para as televendas.

No entanto, assistiremos à digitalização deste formato, com a Amazon na linha da frente. A gigante liderada por Jeff Bezos quer ser o destino digital para todas as compras da casa através de Amazon Live, uma espécie de canal de televisão online com vídeos sobre produtos vendidos na plataforma.

Andrew Lipsman indica ainda que o tema já foi muito debatido aquando do lançamento das primeiras televisões interactivas: na altura, discutia-se a possibilidade de os espectadores poderem comprar a partir da televisão a roupa que viam a personagem Rachel de “Friends” vestir, por exemplo. Tudo no mesmo ecrã.

Apesar de estar possibilidade ainda não se ter materializado, a tendência está lá e deverá revelar-se cada vez mais forte ao longo de 2020 – e nos anos seguintes.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Ter futuro na sua carreira pode depender desta competência
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift