VIH “Toca a Todos”

Abraço toca a todos_rsTrinta anos após o primeiro caso de VIH em Portugal, a Associação Abraço vai lançar uma campanha que alerta para a nova geração do Vírus da Imunodeficiência Adquirida, lembrando que esta doença não escolhe sexo, raça ou idade.

A Abraço, uma instituição particular de solidariedade social e organização não-governamental de desenvolvimento, sem fins lucrativos, vai lançar a campanha “Toca a Todos”, que assinala também o seu 22.º aniversário. A campanha surge como forma de sensibilizar os portugueses, de forma a minimizar o estigma e a exclusão social derivados do VIH. O objectivo passa por alertar para a necessidade do uso do preservativo, numa conversa que irá decorrer na página do Facebook da Associação Abraço.

A campanha visa alertar para a “Nova Geração VIH”. Segundo um relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), 1,3 milhões de adolescentes morreram em 2012, sendo que o VIH é a segunda causa de morte, atrás dos acidentes rodoviários. Apesar do cenário alarmante, o número de mortes em adolescentes causadas pelo vírus VIH desceu em 12% quando comparado com os dados referentes ao ano 2000.

O número de casos em Portugal segue a tendência mundial, tendo também vindo a decrescer desde o início deste milénio. Fruto dos mecanismos de detecção precoce do VIH durante a gravidez, os últimos anos registaram um decréscimo na transmissão vertical da doença (de mães para filhos) em Portugal, cifrando-se nos 0,2%. Em 2011 a infecção VIH/SIDA foi a sétima patologia que apresentou um valor mais elevado na taxa de mortalidade. Em Portugal a taxa de prevalência mais elevada nos adolescentes é entre os 15 e os 17 anos idade. Actualmente existem cerca de 42 mil pessoas infectadas, correspondentes a 0,4% da população portuguesa.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...