Uno quer acabar com as discussões políticas entre familiares

Depois de lançar uma versão para daltónicos, Uno volta a colocar as cores no centro da conversa. Desta vez, o resultado é Uno Nonpartisan, uma edição especial em que o azul e o vermelho não têm espaço no baralho.

O objectivo, explica a marca responsável pelo jogo de cartas, é promover um afastamento da política durante os momentos de diversão, nomeadamente na época do Natal em que as famílias se juntam. A insígnia acredita que esta não é a altura certa para discutir política.

Recorde-se que nos Estados Unidos da América, azul e vermelho são as cores associadas aos principais partidos do país (Democratas e Republicanos). Nesta versão, as cartas azuis e vermelhas são substituídas por alternativas roxas e laranjas.

“Embora compreendendo a importância que a política ocupa na sociedade, o Uno defende que existem momentos e épocas festivas que devem ser desfrutadas sem que exista a interferência de discussões políticas”, indica a marca em comunicado. Segundo dados da YouGov, 40% das pessoas admite que as divergências a nível político são temas problemáticos nas suas famílias.

As regras do jogo mantêm-se, mas é acrescentada ainda uma carta de veto, que permite interromper quaisquer conversas políticas que possam surgir durante o jogo.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...