UE já decidiu: hambúrguer vegetariano mantém-se mas o leite não

Expressões como “hambúrguer vegetariano” ou “salsichas vegetarianos” poderão continuar a ser usadas por marcas de produtos alimentares e restaurantes. O Parlamento Europeu rejeitou, na última sexta-feira, as propostas submetidas que pediam para que designações habitualmente associadas a carne não pudessem ser utilizadas para identificar alternativas de origem vegetal.

Tal como lembra a CNN, estas propostas eram apoiadas por agricultores que acreditam que palavras como “hambúrguer” podem enganar os consumidores, que talvez não compreendam exactamente aquilo que estão a comprar. Por outro lado, médicos, ambientalistas e empresas que desenvolvem substitutos de carne consideram que banir estes termos poderia desencorajar os consumidores a transitar para uma dieta à base de plantas.

No entanto, embora o Parlamento Europeu tenha concordado que não haverá problema em vender “hambúrgueres vegetarianos” – ou nuggets, ou bifes, entre outros – deixou claro que é necessário encontrar outra forma de nomear substitutos na área dos lacticínios, incluindo leite, queijo e natas.

Há três anos, o Tribunal Europeu de Justiça já proibiu a utilização das expressões “leite de soja” e “queijo vegan”, mas agora os eurodeputados propõem que também sejam banidas as designações “tipo leite” ou “como queijo”.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...