Twitch, um diamante em bruto?

Por Bruno Salomão, country manager na SocialPubli

As múltiplas redes sociais disponíveis nos dias hoje são uma peça fundamental na forma e no conteúdo que comunicamos, em que podemos escolher a plataforma consoante a mensagem que queremos transmitir. De facto, era assim até há uns tempos, em que segmentávamos a mensagem conforme a plataforma, mas será que continuamos a assistir a essa tendência?

Indo à origem, o Facebook nasceu para proporcionar um aumento de interacção entre amigos, procura de reconhecimento, partilha de opiniões, que fez da plataforma um verdadeiro clássico. Por outro lado, o Instagram revelou ser uma plataforma de procura inspiracional e partilha instantânea de conteúdo e de histórias. Vemos ainda o TikTok assente em vídeos criativos e, por fim, mas não menos importante, o Twitch que apareceu com conteúdo focado no gaming e em tecnologia. Mas hoje os propósitos de cada plataforma já não são assim tão lineares.

Vejamos o enorme universo do gaming e dos eSports, que conta com uma audiência cada vez maior, tendo o Twitch como protagonista. Esta plataforma tem, aos dias de hoje, mais de meio milhão de inscritos com localização geográfica em Portugal. Assim sendo, parece-nos mais que justificável aproveitar esta oportunidade com conteúdos além do gaming e, felizmente, já vemos algumas marcas a rentabilizar o espaço para abordar outras temáticas.

Na verdade, o streaming é uma tendência cada vez maior e, em termos de utilizadores, os maiores picos ascenderam aos 12.000 concurrent viewers (ou seja, 12.000 pessoas a ver naquele segundo a mesma transmissão) chegando a mais de 120.000 viewers no total dessa transmissão. Concluímos que, com ou sem pandemia, o crescimento da plataforma tem sido exponencial muito graças à sua diversidade de conteúdos. Afinal, temos o exemplo de Steve Aoki que rentabiliza o Twitch para promover a sua música.

Esta plataforma é, sem sombras de dúvidas, um diamante em bruto. A forma como se conecta com o público por ser live, a possibilidade de posicionamento de marcas, de ter produto in real time, são uma panóplia de funcionalidades que devem ser exploradas. Trata-se de um mundo “livre”, onde qualquer criador de conteúdo pode lá estar, sem estar condicionado a “fees” ou formas de entrada. Por exemplo, qualquer marca pode criar o seu próprio canal na plataforma e ter mais uma forma de comunicação, ou aliar-se aos melhores criadores de conteúdos e ter presença 24/7 365 dias ao ano, e isso tem um valor enorme.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...