Turistas estrangeiros não podem visitar Portugal mas #TuPodes

Ao contrário do que seria habitual, a mais recente campanha do Turismo de Portugal não é composta por testemunhos de portugueses que tentam convencer estrangeiros a visitarem as diferentes regiões do País. É, no sentido inverso, “uma mensagem de quem nos visita”, um lembrete de que agora não podem viajar até Portugal mas que #TuPodes.

É este o lema do filme que, de acordo com o Turismo de Portugal, é “dedicado a todos os que vivem no melhor destino do Mundo”. Em jeito de musical, um grupo de turistas tenta cantar em português para desafiar os residentes do País a apostarem em férias dentro das próprias fronteiras. A música escolhida é” Only You”, dos The Platters, e ganha uma versão na língua de Camões.

A campanha envolve ainda uma mudança de designação. A plataforma de turismo VisitPortugal converte-se em VisitaPortugal, assumindo claramente um novo foco em tempo de pandemia. O turismo é, segundo a associação, uma forma de contribuir activamente para a retoma de um sector que tanto tem contribuído para a economia nacional ao longo dos últimos anos.

“Os personagens do filme simbolizam os turistas internacionais, que desde as suas cidades sonham regressar a Portugal e, enquanto não o podem fazer, dirigem aos portugueses um apelo para que se deixem contagiar por essa vontade de explorar os sons, os sabores, as paisagens, o património e os afectos de Portugal”, explica o Turismo de Portugal.

Presente em meios digitais, televisão, rádio e imprensa até ao final do ano, a campanha conta com criatividade da agência Partners e representa um investimento de dois milhões de euros.

Numa segunda fase, o convite salta das mãos dos turistas estrangeiros para os profissionais do sector. Darão a conhecer as diferentes actividades e equipamentos disponíveis, desde visitas guiadas a museus a aulas de surf, passando por passeio em parques naturas ou enoturismo.

No início do próximo, será lançada também uma plataforma digital de suporte à conversão da campanha nacional, mas também de acções regionais. Aqui, serão partilhados serviços de empresas de animação turística, que desenvolverão ofertas especificamente para os turistas nacionais – que não são os clientes habituais.

No ano passado, os turistas portugueses representaram cerca de 40% do total de hóspedes no País. Agora, são chamados a ocupar uma fatia maior de modo a apoiar a recuperação do sector.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...