Toda a verdade sobre… os Millennials

Tratar qualquer grupo como um todo tem os seus perigos, especialmente se falarmos de uma geração inteira. O mais recente relatório da Yume, “Millennials: Evolved” aponta alguns estereótipos criados em torno desta geração e desmistifica os seus desejos e necessidades. A lista, reportada pela Adweek, contém seis mentiras esclarecidas sobre os Millennials:

1 – Os Millennials não são uma espécie diferente. Esta geração gosta de ver televisão tal como todas as outras, a forma como o fazem é que pode divergir;

2 – Os Millennials são mais cautelosos do que se possa pensar. O facto de serem jovens não obriga necessariamente a que sejam mais descuidados ou despreocupados. Os Millennials consideram cuidadosamente as opções que têm quando chega a altura de gastar dinheiro. A pesquisa prévia, nomeadamente na Internet, é muito importante;

3 – Os Millennials ainda conversam em pessoa. As amizades não são exclusivas dos meios digitais. Esta geração ainda quer construir relações cara a cara, apesar de encontrar no smartphone ou computador um fiel companheiro para a troca de mensagens;

4 – Os Millennials não estão à procura apenas do preço mais barato. Recorrer a todos os meios possíveis para voltar para casa com a melhor promoção não faz parte do ADN de todos os Millennials. É verdade que procuram bons preços mas também é verdade que esta é uma geração leal e preocupada com os valores morais das marcas;

5 – Os Millennials não odeiam anúncios. A proliferação dos bloqueadores de anúncios pode levar a crer que os Millennials não querem ver um único anúncio, mas isto não é necessariamente verdade. As marcas têm, no entanto, de actualizar a forma como comunicam e as campanhas que apresentam. O problema não é a publicidade, mas sim os anúncios incomodativos;

6 – Os Millennials não são omnívoros digitais. A lista de redes sociais e plataformas em que as marcas têm de actuar para conseguir chegar a um número maior de jovens está a crescer rapidamente. Contudo, os Millennials não estão em todo o lado ao mesmo tempo. Também eles têm as suas redes sociais preferidas. O grupo abaixo dos 25 anos prefere redes sociais de nicho relacionadas com os seus interesses pessoais.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...