TikTok elimina mais de 104 milhões de vídeos por violarem regras

Só na primeira metade deste ano, o TikTok removeu mais de 104 milhões de vídeos por incumprimento de alguma regra ou orientação, a nível global. Deste total, indica a rede social detida pela chinesa ByteDance, 96,4% foram encontrados e eliminados ainda antes de um utilizador ter oportunidade de o reportar. Além disso, 90,3% foram removidos antes de terem visualizações.

Segundo a agência Reuters, o TikTok começou a verificar os conteúdos publicados de modo a confirmar informações relacionadas com o novo coronavírus e com eleições. O objectivo é minimizar a desinformação e a propagação de notícias falsas.

Mas este é apenas um dos problemas da plataforma. Recorde-se que o TikTok está no centro de um conflito com Donald Trump, que ameaçou banir a aplicação caso não fosse comprada por uma empresa norte-americana. O TikTok chegou, entretanto, a acordo com a Oracle e com a Walmart e deverá poder continuar a sua operação nos EUA.

Ainda assim, o clima é de desconfiança. O governo norte-americano considera que a rede social pode ser perigosa para os cidadãos, colocando em causa a sua segurança e a privacidade dos seus dados. O TikTok revela hoje que recebeu um total de 1.768 pedidos referentes a dados dos utilizadores, entre Janeiro e Junho, e que 290 chegaram de autoridades dos EUA.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...