The Art Gate: Porta para a arte

A arte impera em todo o espaço. É como uma porta que se abre para outra dimensão, que mergulha ainda na hospitalidade e na restauração. Chama-se The Art Gate e promete experiências diferenciadoras a partir de um primeiro andar, no Chiado.

Texto de M.ª João Vieira Pinto

Já são várias as propostas de hotelaria que cruzam arte com hospitalidade e restauração. No The Art Gate, em pleno Chiado, Lisboa, vai-se mais longe. Aqui, o conceito é de integração total numa comunhão onde todos os elementos se encaixam, naturalmente. Desde o momento em que o hóspede chega e é apresentado a um quadro imponente de José Pedro Croft na parede frontal da recepção, até entrar numa das cinco suítes, cada uma decorada com peças de autor entre Pedro Cabrita Reis ou Vhils, passando pela galeria em si. Ou, então, no momento em que se senta à mesa do chef – aliás, ao balcão dentro da própria cozinha -, já após ter experienciado os primeiros amuse-bouches, na própria galeria, e que são desenvolvidos para casar com cada peça de arte exposta.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Dezembro de 2020 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...